II Conferência Internacional Sobre a Cultura de Paz

A Fundação Eduardo dos Santos - FESA realizou, em colaboração com a UNESCO, no dia 12 de Dezembro 2016, na Cidade de Luena, Província do Moxico, a II Conferência Internacional sobre a Cultura de Paz.

Com o objectivo de recolher contribuições sobre a partilha de experiências edificantes na construção e sustentabilidade de um ambiente favorável à realização de eleições multipartidárias competitivas e pacíficas, e providenciar as condições para o lançamento, em Angola, da Campanha dos Jovens da Cultura de Paz, sob o lema: "PALAVRAS DIFERENTES, UMA SÓ LÍNGUA: A PAZ".

A Conferência sobre a Cultura da Paz assumiu-se como um momento ímpar para a abordagem dos diferentes aspectos ligados à problemática vivida actualmente pela humanidade, que hoje conhece uma das fases mais críticas e complexas da sua própria existência, em função dos desafios que estão a emergir.

Após a abordagem dos oitos pilares da Cultura de Paz na primeira Conferência, esta Conferência decorreu sob o tema: “PREVENÇÃO DA VIOLÊNCIA E A PROMOÇÃO DA CULTURA DE PAZ NO PERÍODO ELEITORAL EM ÁFRICA”.

O evento contou com a participação de cerca de 400 participantes e convidados entre, Instituições Juvenis Africanas, Entidades Eclesiásticas, estudantes e autoridades tradicionais.

A sessão de abertura foi presidida por Sua Excelência, Dr. Pinda Simão, Ministro da Educação da República de Angola afirmando que o país aceitou o desafio de encetar a estratégia operacional da UNESCO, 2014-2021 e que este país é um grande campo onde se podem aprender enormes lições sobre percurso, estratégias e frentes arreigadas, em busca da Paz.

Para o Ministro, a caminhada em prol da consolidação da paz e reconciliação dos angolanos, continua a ser feita, ao mesmo tempo que a nossa responsabilidade e solidariedade com os outros povos africanos nos tem impelido a assumir responsabilidades que buscam a paz.

Durante a sessão de abertura foram apresentadas três mensagens.

O Governador da Província do Moxico, na mensagem de boas vindas felicitou a Fundação pela realização da conferência na capital da Paz em Angola como forma de homenagear o povo angolano pela conquista da Paz.

Na sua mensagem, a representação da UNESCO África Central, afirmou que esta II Conferencia é testemunho suficiente do engajamento de Angola e do Presidente José Eduardo dos Santos a favor da promoção da cultura de Paz durável em Africa.

Na sua mensagem, a Fundação Eduardo dos Santos enfatizou que a cultura de Paz é um desafio em que os jovens são protagonistas importantes e decisivos, por constituírem hoje, nas sociedades africanas e angolana em particular, um grande peso demográfico da população votante, são os cidadãos que mais mobilizam e aqueles que estão mais expostos à instrumentalização.

Para o êxito da conferência e, de modo a permitir uma profunda reflexão e ampla abordagem da temática proposta, foram convidados 18 palestrantes nacionais e estrangeiros provenientes do Sudão do Sul, África do Sul, Costa do Marfim, Etiópia, Senegal, Brazzaville, Nigéria, Tunísia, Botswana, República do Congo, Bélgica, Gabão, Uganda, Benin, Senegal, República Democrática do Congo, Mali e Níger.

A Sessão de Encerramento foi presidida por Sua Excelência Dr. Albino da Conceição, Ministro da Juventude e Desporto, que manifestou a confiança na juventude actual ao difundir e perpetuar a Cultura da Paz nas escolas e nas comunidades, para consolidar o processo de paz na sociedade angolana.

Por isso, recomenda que cada cidadão presente seja um reprodutor da importância dos debates que aconteceram no evento sobre a Campanha da Cultura de Paz e cada um se assuma como um agente da promoção e divulgação do desenvolvimento da Cultura de Paz.O momento cultural foi abrilhantada pelas artistas Joly Makanda de Angola e Annie-Flore Batchielly do Gabão.

As mesas redondas contaram com a apresentação e discussão de 2 temas e o lançamento da Campanha dos Jovens para a Cultura de Paz na África Central “Palavras Diferentes, Uma Só Língua: A Paz”.

MESAS REDONDAS:

  1. "A Prevenção da Violência e a Promoção da Cultura de Paz em Período Eleitoral em África”: Que Contribuições da Rede de Fundações e Instituições de Pesquisa.
  2. "O Papel dos Jovens na Prevenção da Violência e na Promoção da Cultura de Paz em Período Eleitoral

Algumas conclusões e recomendações resultantes da Conferência:

Conclusões:

  1. O movimento pan-africano da cultura da paz em Africa, reconhece como referência incontornável o papel de Angola, notavelmente, com o Plano de Acção a favor de uma cultura de paz em Africa, adoptado em Luanda no fórum de 2013.
  2. O Plano de Acção de Luanda inspirou a criação, em Setembro de 2013, da Rede de Fundações e de Instituições de Pesquisa para Promoção da Cultura de Paz em Africa e esta, em Dezembro de 2014, deu origem à Rede Pan-Africana dos Jovens para a Cultura de Paz.
  3. Os períodos eleitorais em Africa são ainda momentos de tensão, de instabilidade e de violências podendo degenerar em graves crises sócio politicas.
  4. A contribuição da UNESCO na prevenção da violência e promoção da cultura de paz no período eleitoral é fundamentalmente de ordem educativa.

Recomendações:

  1. Criação da Rede de Mulheres para a Cultura de Paz em África.
  2. As disciplinas artísticas, como o teatro, a música, as artes plásticas, devem ser usadas para incutir nas crianças e nos jovens a importância da Cultura de Paz.
  3. Os jovens religiosos devem criar corpos de mediação para o período eleitoral para a resolução de eventuais contenciosos eleitorais.
  4. Os órgãos de comunicação social devem difundir conteúdos que valorizem o diálogo, os consensos e os compromissos nacionais de modo a repelir as divisões e a violência gratuita com consequências políticas, económicas e sociais que têm afectado muitos países do nosso continente e, em particular, na Região dos Grandes Lagos.

A FESA acolheu a realização desta II Conferência, enquanto Presidente das Redes de Fundações e Instituições de Pesquisa para a Promoção de uma Cultura de Paz em África.

Os resultados da Conferência, assim como os discursos e mensagens proferidos, serão objecto de publicação em colectânea e digital a serem disponibilizadas oportunamente.

Para mais informações sobre a Conferência, consulte os links:

Programa aqui

Discurso de Abertura - Ministro da Educação aqui

Mensagem da FESA aqui

Mensagem do Conselho Nacional da Juventude aqui

Apresentação do Brigadeiro Manuel Correia de Barros aqui

Síntese da Conferência Internacional sobre a Cultura de Paz aqui

Veja o Vídeo

 

 

BIGtheme.net Joomla 3.3 Templates