• Home
  • Fundação
  • O Patrono

Mensagem do Patrono

712U3272 tratamento

“Permitam-me que vos manifeste o meu apreço pelo bom trabalho que têm feito. A nossa Fundação registou um grande progresso, tanto na sua organização e funcionamento como no cumprimento do seu objecto social. Quando começámos há cerca de uma década, não havia no nosso seio pessoas com experiência e não havia igualmente organizações de referência na Sociedade Civil que realizassem acções de grande vulto de carácter social, filantrópico ou de solidariedade a favor da criança e dos segmentos mais vulneráveis da população.

A nossa Fundação inspirou-se nos valores seculares das nossas comunidades e da sua cultura e fez da fraternidade, da ajuda mútua, da entreajuda e da solidariedade e amor ao próximo a base da sua política para assegurar aos assistidos e beneficiários o acesso à assistência social, à educação, à saúde, à formação profissional e académica, ao desporto e à acção cultural.

Exprimimos a nossa satisfação pelo facto de a FESA ter desbravado o terreno e de poder contar hoje com várias instituições congéneres, igualmente de carácter privado e com objectivos altruístas, que visam ajudar as pessoas necessitadas e promover a solidariedade e a coesão social.

Saudamos a acção benemérita destas organizações e dos seus promotores e manifestamos o desejo de a FESA continuar a concertar e conjugar esforços para tornar eficiente o nosso auxílio aos poderes públicos. Na prossecução dos nossos objectivos acompanharam-nos sempre várias pessoas de boa vontade, que não se importam de partilhar o que têm com os outros que precisam de ajuda e apoio.

Os promotores das acções de solidariedade social encontrariam sérias dificuldades em concretizar os seus programas e projectos se não tivessem ao lado de si doadores ou contribuintes voluntários que oferecem bens e valores monetários ou de outra natureza para sustentar as actividades.

Expresso em nome da FESA e no meu nome pessoal o profundo reconhecimento a todos os nossos doadores, membros da Assembleia Geral ou não, pela valiosa ajuda que têm dado à Fundação e, através dela, ao povo angolano.

Manifesto igualmente o nosso desejo de continuar a trabalhar juntos, com lealdade e honestidade, para a concretização dos objectivos da FESA redefinidos nos seus novos estatutos.

No exercício da cidadania que as nossas leis consagram, nós desejamos orientar a nossa acção cívica no sentido de apoiar os poderes públicos na construção em Angola de um país próspero e desenvolvido.

Esta transformação só pode ser conseguida com o trabalho de homens bem instruídos e aptos, mas os índices de analfabetismo na nossa sociedade são muito elevados e atingem cerca de cinquenta por cento (50%) da população.

Temos de apoiar os esforços do Governo e de todas as pessoas interessadas e vencer esta batalha para que Angola seja declarada pela UNESCO como país livre do analfabetismo nos próximos cinco ou dez anos.

Outros dos domínios a que devemos prestar atenção são a promoção do conhecimento científico e do saber fazer ou das habilidades profissionais, assim como, a divulgação ou popularização do conhecimento nas diferentes áreas do saber, por forma a elevar o nível de educação e da cultura dos cidadãos.

Uma sociedade de paz e harmonia constrói-se com, a promoção do bem-estar para todos e da solidariedade activa. A FESA é pelo bem-estar do Homem, pela preservação do ambiente em que vive e pela solidariedade. Pugna por uma sociedade próspera e desenvolvida, pelos valores da honestidade, do trabalho, do bem servir, do pluralismo e do respeito ao próximo.

Bem-haja

 

José Eduardo dos Santos

Patrono da Fundação Eduardo dos Santos

BIGtheme.net Joomla 3.3 Templates