• Home
  • Fundação
  • História

História

header info

Em 1996, quando surgiu a FESA, Angola vivia um dos seus períodos mais difíceis. A guerra pós-eleitoral de 1992 deixara o país numa situação de crise humanitária, com milhares de famílias deslocadas, desprovidas do básico. Havia escassez de alimentos, água potável e roupas. O acesso a assistência médica e medicamentosa era muito difícil, e milhares de crianças estavam fora do sistema de ensino.

Nesta altura não existiam organizações de referência na sociedade civil capazes de realizar acções de grande vulto de carácter social, filantrópico ou de solidariedade a favor da criança e dos segmentos mais vulneráveis da população. Surgiu assim a FESA, uma organização de carácter multifacetado e pluridisciplinar actuando em diferentes áreas do desenvolvimento social, técnico-científico, cultural e desportivo, principalmente em benefício da população mais carenciada, promovendo assim a inclusão social e o desenvolvimento do capital humano.

A FESA priorizou as emergências no campo da assistência humanitária e as iniciativas de desenvolvimento nos seus três pilares: a educação, a ciência e pesquisa e a saúde.

O desenvolvimento da FESA pode ser descrito em três fases. A primeira fase (1996-1998), de formação da instituição, caracterizada pela centralização de estratégias organizacionais e institucionais, onde se destacam os Programas Plurianuais e o estabelecimento da Escolinha da FESA.

A segunda fase (1999-2004), cujo principal objectivo foi minimizar os efeitos derivados do conflito armado, estabelecendo programas de emergência, beneficência e filantropia com base não só em doações de bens diversos e de primeira necessidade, mas, também pelo início da construção e reabilitação de infraestruturas sociais e o esboço de um programa de desenvolvimento comunitário. É neste período que se inicia o processo de internacionalização da FESA.

Foram abertos escritórios de representação no Brasil, Canadá e Espanha com o objectivo de integrar outras sensibilidades que se solidarizam e contribuem sobremaneira para o apoio à causa da FESA e ajuda ao povo angolano.

A terceira fase (2004-2016) caracterizou-se pela finalização dos projectos anteriormente iniciados, no crescimento da instituição e operacionalização de estratégias para a promoção da auto-suficiência da Fundação.

O desenvolvimento da última década permitiu a aquisição de experiência para o início do maior objectivo da FESA, que é o investimento no capital humano assente no pilar da educação, direccionada para a ciência e a pesquisa.

Durante os 20 anos de actividade, a FESA conquistou o seu espaço e ganhou a confiança e o respeito dos seus benificiários e parceiros, com acções que visaram auxiliar os poderes públicos.

BIGtheme.net Joomla 3.3 Templates