O Presidente da Fundação Eduardo dos Santos (FESA), Dr. Ismael Diogo da Silva, orientou um encontro de trabalho com os quadros intermédios propostos para integrarem o Conselho de Curadores, para o mandato 2017.

Ao encontro em que participaram também à Vice-Presidente, Drª Antónia Nelumba, o Director Geral da FESA, Dr. João de Deus e alguns Curadores nomeadamente, António Pinto, Francisco Fortunato e Rikke Viholm, foi destacada a importância inédita da iniciativa que antecede o acto formal da tomada de posse, para permitir os novos membros do Conselho de Curadores, tomarem contacto com a realidade sobre o funcionamento da Fundação,  o estatuto da FESA, os regulamentos, o regimento interno e as acções em curso, para que possam contribuir de maneira sustentada na etapa de crescimento da Fundação.

O Presidente da FESA, Dr. Ismael Diogo da Silva, ressaltou os aspectos essenciais, como o respeito escrupuloso das regras e princípios dos códigos de ética e conduta para um melhor desempenho das tarefas por parte dos Curadores, que deverão ter participação interventiva e interactiva nas reuniões, conhecer a agenda da Fundação, o pensamento estratégico do patrono e Instituidor, a missão, a visão, os valores e os princípios, o sentido de elevada disciplina e responsabilidade.

Foi destacado pelo Curador-Presidente, o vasto caderno de acções da Fundação, como as jornadas técnico-científicas e as conferências internacionais realizadas em Luanda 2016, sobre o Combate à Corrupção e Branqueamento de capitais que trouxe à Luanda, para partilha de experiência com especialistas angolanos, o conceituado Juiz espanhol, Baltazar Garzón, para além de uma temática com foco na Cultura de Paz, na Prevenção e Resolução de Conflitos, na Formação de Quadros e no Desenvolvimento Sustentável.

O Dr. Ismael Diogo da Silva, ainda na sua qualidade de Presidente da FESA, instou os novos membros do Conselho de Curadores que serão brevemente empossados, a cultivar também os princípios de boa convivência, de harmonia, lealdade e confidencialidade no exercício das suas tarefas.

Os Curadores ao serviço da Fundação, há mais de vinte anos designadamente, António Pinto, Francisco Fortunato e Rikke Viholm, aproveitaram o encontro para partilhar as suas vastas experiências e conhecimentos, não só no país como no estrangeiro, nas acções, para a solidariedade, cultura de paz, reconstrução e formação planificada e sistematizada dos recursos humanos no contexto das grandes realizações da FESA.

O Director Geral da FESA, Dr. João de Deus fez uma breve incursão da FESA, tendo ressaltado o código de identidade, a missão, a visão e valores. O Conselho de Curadores passará a ter cinquenta e oito (58) membros, ao contrário dos anteriores cinquenta e um (51), e finalizou sublinhando, nestes vinte (20) anos, os três ciclos da caminhada exitosa da Fundação, como o seu percurso para a Filantropia, investimentos em infraestruturas e desenvolvimento de capital humano sem deixar de pontuar a temática da internacionalização da FESA, com abertura de Escritórios de Representação no Brasil, Canadá e Espanha, os programas e projectos em curso e os acordos de cooperação com instituições congéneres.

Destacou ainda neste âmbito o Estatuto da FESA como Observador Consultivo da CPLP e também Presidente da Rede de Fundações e Instituições de Pesquisa para Promoção da Cultura de Paz em África, factos que definem o prestígio da FESA além fronteiras.

O encontro de trabalho terminou com palavras de encorajamento e boas vindas do Presidente da FESA aos novos membros do Conselho de Curadores que deverão ser empossados brevemente em acto que deverá ser presidido pelo Patrono e Instituidor da Fundação, o Engenheiro, José Eduardo dos Santos.

BIGtheme.net Joomla 3.3 Templates