A FESA, enquanto Presidente da Rede de Fundações e Instituições de Pesquisas para a promoção da Cultura de Paz em África, realizou no dia 13 de Dezembro de 2016, no Monumento da Paz na cidade do Luena, província do Moxico, uma reunião do seu Bureau Executivo da rede com membros filiados e representantes da Unesco no Gabão, RDC e o Representante do DG adjunto da Unesco para África como observador.

A reunião do Luena, que vem na sequência das resoluções de Yamosdoukro em 2013  por ocasião da celebração dos vinte e cinco anos da cultura de paz em África e a aprovação do plano de actividades no encontro do Soyo, província do Zaire de setembro de 2015, produziu vários documentos que mereceram ampla discussão e aprovação.

As Fundações e Instituições de Pesquisas da rede para a promoção da cultura de paz e África, juntou a mesma mesa, os países membros que aprovaram o seu relatório de actividades de 2015-2016, o plano de actividades de 2017, a proposta de orçamento para o seu funcionamento e algumas recomendações para a mobilização de recursos, os procedimentos para o processo de reconhecimento no país onde funciona a sede, a  Côte d'Ivoire, a adesão de novos membros, como o Instituto Nelson Mandela, o Instituto Mundo África e a ONG ganhos da Paz.

A reunião do Luena recomendou também a criação de condições para a filiação da rede de fundações e instituições de pesquisa na Unesco, bem como o reforço do secretariado de modo a melhorar o fluxo de informação a nível da sede.  Para  além das fundações fundadoras, a cúpula do secretariado executivo contou com a participação de representantes do Mali, Sudão do Sul, Tunísia, Benin, RDC, Nigéria, Senegal, Côte d'Ivoire, Representantes da de Angola na Unesco, Fundação Agostinho Neto e a FESA que Preside actualmente  o Bureau  Executivo da rede.

BIGtheme.net Joomla 3.3 Templates